• INPD

Hackeamento do STJ



*Imagem: Gerd Altmann; CC BY.


O Superior Tribunal de Justiça foi alvo de ataque hacker nesta semana, provavelmente uma das invasões cibernéticas mais sérias já sofridas pelo Estado Brasileiro. No dia 03 de novembro, identificou-se a circulação de um vírus na rede virtual do Tribunal e o sistema foi desativado como medida de precaução. O STJ está funcionando apenas em regime de plantão, estando as demais atividades e os prazos paralisados. A Polícia Federal foi imediatamente acionada e já está investigando o caso.


O hackeamento criptografou todos os dados do STJ, que, assim, perdeu o acesso a seus próprios arquivos e informações. A equipe de tecnologia do Tribunal em parceria com suas empresas prestadoras de serviço e com o Centro de Defesa Cibernética do Exército Brasileiro tem atuado para reverter os danos. De acordo com nota divulgada no site do STJ, os dados seguem preservados em sistemas de backup.


Após a criptografia, foi solicitado um resgate financeiro para liberação da chave que permite o acesso à base de dados do Tribunal, características típicas de um ransomware. Ainda não há indicativos sobre o possível responsável pelo ataque e após a divulgação extraoficial do pedido de resgate, o STJ não se manifestou.

53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo